Aquele post chato de introdução que sempre tem que ter

Por quê essa imagem está aqui? Ah, nenhum moitivo em especial, só achei fofinha.

Por quê essa imagem está aqui? Ah, nenhum motivo em especial, só achei fofinha.

É.

Pois é.

Então…

Todo blog tem que começar com aquele post chato, não?

Falando quem sou, minha idade, uma dissertaçãozinha e etc.

Se temos mesmo que fazer isso, então que sejamos ligeiros.

Meu nome é Karina, tenho 20 anos e tô tentando faz um tempinho aprender japonês.

Já fiz alguns meses de aula, porém, não me agradou e comecei a estudar sozinha.

Com meus livrinhos de hiragana/katakana que tinha desse curso de japonês, Pokémon Leaf Green (JP), algumas lapiseiras um caderno em branco e o Genki.

Aproximadamente 1 mês depois já sabia ひらがな e カタカナ bonitinho. Peguei um tiquinho de vocabulário também com o Genki.

Confiem em mim, esse livro é um amorzinho para praticar kana. Só passa a ficar enrolado nas lições depois de um tempo.

Ótimo. Já sei Kana, o que fazer agora?Já sei. Vou aprender mais sobre gramática! Perfeito.

Lá fui eu ler o guia do Tae-Kim sobre o assunto. E te digo, ele é bom, porém, meio 8 ou 80. Ou você pega o guia completo de gramática e fica lendo horas e horas tudo explicadinho bonitinho ou então lê o normal e encontra uma explicação meio corrida, correndo o risco de não compreender o conteúdo se já não tiver conhecimento sobre ele.

Eu escolhi a versão completa. Pra falar a verdade, ainda nem terminei (lol) estou bem no final, entretando no momento estou satisfeita com o que sei de gramática. Depois eu termino a leitura e ainda pego o guia menor para dar uma revisada, claro.

Lindo! E agora Karina, agora que você já sabe um pouco de gramática, já manja dos kana, qual é o próximo passo?

Lindo! E agora Karina, agora que você já sabe um pouco de gramática, já manja dos kana, qual é o próximo passo?

Pois bem. Não falei antes, mas eu gosto bastante de jogos. Tanto RPG’s, quanto Visual Novels. É lógico que queria tentar jogar algo e entender tudo que eu nunca soube nas histórias que sempre quis ler (wooo!!)

Mas não não. De vez em quando abria algumas Visual Novels e via que tinha muitos kanjis. Até tentava dar uma lida com ajuda do Rikaisama, mas mesmo assim, era muito lento checar kanji por kanji que aparecia; me deixava cansada em vez de me divertir.

Pois então. Tá na hora de aprender os Kanjis…

Mas antes. Que tal aprender sobre os radicais? Achei que fosse me ajudar, além do que, com isso em teoria, eu saberia escrever qualquer Kanji que eu quisesse.

Beleza.

Fui no Amazon e comprei um livro chamado “Let’s Learn Kanji!” que apesar do nome, foca bastante nos radicais. Admito que enrolei bastante nessa parte, não estudava todos os dias, mas depois de alguns meses de preguiça aprendi todos os radicais básicos.

Até que no final das contas foi divertido.

Tem alguns radicais menos usados que ainda estou para aprender na segunda parte do livro, mas estou ansiosa para passar logo aos Kanjis.

AI CHEGUEMOS NO MOTIVO DO QUAL CRIEI ESTE BLOG!

Kanjis…Ah.

Bem, eu sei que são necessários, até acho esses caras boa pinta. São legais.Porém, é tão difícil conseguir memorizar todos eles! Pode ser que seja porque estou começando agora.

Passei a estudar seriamente kanjis faz apenas uma semana. E é frustrante hein. Me faz ranger os dentes. (tun-dun-tuntz) Falam que não se deve usar o método do “Remember the Kanji” porque é ruim e blablabla. Mas nunca dão outras opções. (Kanji Damage é quase a mesma coisa de RTH); Dizem para aprender com vocabulário, mas nunca mostram nenhum lugar de exemplo para achar o tal, haha. Mas isso aqui sou só eu sendo chata.

Já achei o Anki com alguns decks que estou seguindo e tentando aprender com eles.

Vamo vê no que vai dar. Só sei que é extremamente frustrante não reconhecer um kanji que você acabou de estudar quando vai jogar uma visual novel. Fato verídico.

Aprender é sofrer.

O pior é: foi um Kanji que até tinha inventado uma histórinha e desenho para ele.

Posso jogar a culpa nos Kanjis, mas parte é minha culpa também. Pensei melhor e acredito que escrever os kanjis vai me ajudar à decora-los melhor, também vou me esforçar um pouquinho mais para usar os radicais que passei um bom tempo aprendendo e ver se eles irão me ajudar.

Minha motivação é pensar que algum dia poderei jogar o que quiser sem o medo de “será que vem para o ocidente..?” ver os programas de comédia que gosto e algum dia conseguir completar toda a serie Atelier.

Finalizando: Esse blog é uma espécie de motivação para que eu continue estudando e checar meus progressos. Também de vez em quando, vou compartilhar minhas gambiarras com vocês.

Sites desse tipo me deixam animada para estudar, quem sabe não consigo fazer o mesmo com vocês?

Também podemos trocar manhas e manjarias juntos pelos comentários. wink wink

M-Mas não é como se eu estivesse pedindo para vocês c-comentarem ou c-coisa do tipo!

Bem. Até que essa introdução não foi tão ruim assim, né?

Até a próxima armação de barraco!

Até a próxima armação de barraco!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s