Loots da guerra (Janeiro, 2015)

E depois da tempestade, vem a calmaria.

E depois da tempestade, vem a calmaria.

Oi!

Hoje eu vim falar um pouco dos resultados e opiniões que formei nesse mês de Janeiro; de acordo com o que tentei me dedicar estudando.

Pois bem, sem mais delongas, vamos lá.

Número um: Deck do Anki “Core 2000 Japanese Vocabulary

Aah! Eu amo este deck. Definitivamente consegui andar bastante em meus estudos usando ele.

Para falar a verdade. Se não fosse pelo Anki, ainda estaria na estaca zero, ou no minimo sabendo ler muito poucos Kanjis.

Consegui manter meu ritmo de estudar sempre uma revisão de 100 palavras + 20 palavras novas diariamente. Tirando um ou outro dia quando ocorriam imprevistos ou quando estava tremendamente exausta. Mas foram relativamente poucos.

Notei também que é mais fácil de perceber as diferenças dos kanjis quando escrevo eles enquanto vou estudando, em vez de só usar o anki mesmo. Uma pena, já que isso triplica meu tempo de estudo. Revisando sem anotar levo uns 30 minutos no máximo; agora, escrevendo eu levo de uns 70 à 90 minutos! E eu nem demoro eras para escrever. É que é muita coisa mesmo e eu sou bem chata me avaliando se acertei ou não a palavra, então repito as que acho que não estão fixadas direitinho muitas vezes.

Com certeza vou continuar usando este deck. Já estou no Step 2 para falar a verdade. O deck é repartido em 10 divisões, um passinho de cada vez. Fiquei feliz pra caramba de chegar ao segundo passo. Porque são muitas palavras para mudar de Step hein…

Só uma nota: Apesar do Core 2000 ser muito bom e eu gostar bastante dele, tenho de me lembrar que preciso fixar mais as palavras que aprendo nele de outras formas também. Constantemente quando estou lendo e jogando algo em japonês me deparo com uma palavra/kanji que está na ponta da lingua e sei que já estudei ele; porém no momento não consigo me lembrar qual era sua leitura de jeito nenhum! Então tenho que ler mais, para tudo que aprendi no Core não seja em vão.

がう!

がう!

Número dois: Anki Deck “Duzentas e tantas palavras para assistir anime

Esse aqui eu acabei abandonando por enquanto. Não que não estivesse me ajudando… Mas muitas das palavras que estavam por lá eu acabava vendo no Core 2000 um tempinho depois, e sem ser em romaji, o que me agrada mais.

Um dia eu termino ele, são só 200 palavras, não é algo que se demora muito para terminar. Na verdade, só apaguei ele do Anki antes de terminar porque queria ver se eu apagasse os outros decks de lá, se influenciava meus gráficos no Core.

É chato de explicar e estou com um pouco de preguiça de fazer isso, mas quem sabe sabe das estatísticas do Anki e quem não sabe não vai saber, hehe!

Voltarei com ele depois que terminar o Core 2000 então vamos considerar esse aqui em “On-Hold”.

Número três: Kanji Damage

O Kanji Damage tem umas abordagens geniais e umas abordagens zueiras de mais que não me ajudam tanto.Também voltei a dar uma outra lida no livro do Heisig, já que no final das contas ainda estou em dúvida de qual pegar mesmo sério para ler. O Remember the Kanji tem umas coisas retardadas de mais, mas que acabam funcionando. E outras que não. Outras que só são silly mesmo. Já o Kanji Damage é quase a mesma coisa, só que mais divertido e mais “zueiro”. Algumas das mnemonics são incriveis. Tem Kanji que eu só lembro de seu desenho/radicais por conta delas. Mas algumas não funcionaram comigo, e fico me perguntando se não deveria usar o RTK, já que falam mais dele.

Vou acabar terminando de ler os dois nesse mês e o que eu gostar mais no final das contas vou reler com mais atenção. Sim, ainda não terminei de ler. Mas não tem problema. Prefiro ir lendo devagarzinho e realmente lembrando do que estou estudando do que sair atropelando tudo e não me lembrar direito do que queria.

Número quatro: 神のみぞ知るセカイ, Kami Nomi zo Shiru Sekai Raw Manga

É muito divertido ler algo em outro idioma que você está aprendendo e conseguir entender. Mesmo que seja mais ou menos e com algumas visitas ao dicionario. Kami Nomi é um amor de história, realmente acho um mangá fofo e divertido, mesmo que essa nem seja a intenção principal dele. Enfim. O que me incomoda mesmo em mangás é o furigana. Sem perceber, minha cabeça acaba usando o caminho mais fácil de simplesmente ir lendo todos os kanjis em Hiragana do que ir tentando decifrar os que eu talvez já até saiba.

Mas fazer o que, se as crianças aprendem Kanji assim, vai ver funcione…? Mas não boto muita fé hein!

Tenho de continuar a ler, pena que vi o anime antes, então já sei como são as primeiras rotas do mangá, mas gogo. Vamos continuar.

Kami-Nomi-zo-Shiru-Sekai-ED-Koi-No-Shirushi-kami-nomi-zo-shiru-sekai-18039454-1868-1840

Número cinco: 中二… Chuunii… Errmm…

Nem comecei. Não consegui ter vontade de assistir ainda, haha! Acabei baixando K-On no lugar e está lá na minha tablet, bonitinho e prontinho para ser assistido. Espero que consiga ver ainda essa semana agora de voltei para casa. Ai quando eu ver, edito este post e digo como fui.

Número seis: ネコぱら… Neko Para un…

Outro que não completei, na verdade. Outro que preferi deixar para depois quando estiver lendo melhor e substitui pelo Hanahira. Que estou lendo, a proposito. É bem fofinho e engraçado. Tenho minhas dificuldades de vez em quando com os Kanjis, naquilo que disse que por falta de prática acabo não me lembrando de Kanjis que estudei anteriormente. Mas esse jogo está aqui para me ajudar exatamente nisto. Até desligo as vozes das personagens para me concentrar apenas na leitura. As vozes ajudam muito, acredite. Com elas acabo nem precisando ler o que está escrito, mas não quero isso. Quero saber a ler! Portanto, desligo as vozes.

Estava viajando nos últimos dois meses inteiros, sabia? Por isso não tinha o computador o tempo todo para mim e não pude terminar totalmente esta Visual Novel. Foi muito bom descansar com quem eu gosto, então não me importo de não ter terminado Hanahira; mas tomara que esse mês, agora que estou em casa eu consiga fazer isso. ^_^

É assim que eu jogo. ITH para pegar o texto se precisar alguma dúvida no dicionário. No caso, eu uso o Rikaisama. É só abrir alguma aba aléatória que você possa colar texto no Firefox e passar o mouse por cima da palavra ou Kanji que quer saber o significado ou leitura.

É assim que eu jogo. 

ITH para pegar o texto se precisar alguma dúvida no dicionário. No caso, eu uso o Rikaisama. É só abrir alguma aba aleatória que você possa colar texto no Firefox e passar o mouse por cima da palavra ou Kanji que quero saber o significado. Tento deixar uma imagem fofinha no ITH também para descansar meus olhinhos de tantas runas.

Então. Os resultados desse mês foram esses. Sinto que avancei muito este mês. Portanto, estou feliz. Até daqui a alguns dias, quando eu fizer o post de como vou estudar em Fevereiro.

Obrigada por lerem até aqui!

Obrigada por lerem até aqui!

Anúncios